3 de julho de 2022


ABI cobra punição dos responsáveis pelas ameaças ao repórter do Congresso em Foco e quer que TSE investigue


05/06/2022


A Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e dos Direitos Humanos da Associação Brasileira de Imprensa denuncia mais um caso de intimidação contra jornalista ocorrido no sábado, 4 de junho de 2022. A vítima agora é Lucas Neiva, do Congresso em Foco. Ele recebeu ameaças de morte e teve seus dados pessoais vazados na internet após ter publicado reportagem sobre um fórum anônimo que produz e veicula informações falsas a favor do presidente Jair Bolsonaro. O site também foi derrubado e ficou fora do ar por várias horas.

Este tipo de ação é uma das mais covardes entre as muitas perpetradas contra a liberdade de imprensa nos tempos atuais.

Ela coloca em risco a integridade física de profissionais e seus familiares e constitui assédio moral com possíveis graves consequências.

As autoridades policiais responsáveis pela apuração de crimes cibernéticos devem apurar esses casos e punir os responsáveis.

Por meio de seu representante no Observatório de Transparência das Eleições (OTE), a ABI levará o caso de Lucas Neiva, do Congresso em Foco, ao conhecimento dos demais integrantes do OTE e pedirá que o próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE) providencie a apuração da veiculação dessas informações falsas no âmbito da campanha para as próximas eleições, assim como das graves ameaças sofridas pelo jornalista no exercício de sua função.

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2022

Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e dos Direitos Humanos

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012