3 de outubro de 2022


456 anos do Rio: Mostra reúne fotos de Augusto Malta


01/03/2021


 

Praia de Copacabana (1915)

Uma exposição on line com fotos de Augusto Malta (1864-1957), celebrando o aniversário de 456 anos do Rio de Janeiro, é inaugurada hoje, com um recorte de imagens que resgatam a vocação praieira da cidade. A mostra está disponível até 31 de julho , gratuitamente, no site mardemalta.com.

Nas 40 fotografias que compõem a mostra há retratos de praias que não existem mais, como a de D.Manuel e a de Santa Luzia, no Centro, e da Praia do Russel, na Glória, aterradas como o desmonte do Morro do Castelo, em 1921. Em uma das imagens, vê-se o mar chegando À beira do obelisco no final da Avenida Rio Branco, então Avenida Central; em outra, há fotos que remontam à ligação de Botafogo com Copacabana, com o túnel Alaor Prata (Túnel Velho) (1892), em um processos de expansão da cidade apara os bairros de praias oceânicas, além das “barcas de banho” onde pessoas se prendiam a correntes para ficar de molho na água salgada, usando roupas estranhas, no final do século XIX até as primeiras décadas do século XX quando começaram as primeiras regatas, quando a elite passou a gostar de ser forte, antes coisa só de operário.

 

Samba do Avião

Tom Jobim

Minha alma canta

Vejo o Rio de Janeiro

Estou morrendo de saudades

Rio, céu, mar

Praia sem fim

Rio, você foi feito prá mim

Cristo Redentor

Braços abertos sobre a Guanabara

Este samba é só porque

Rio, eu gosto de você

A morena vai sambar

Seu corpo todo balançar

Rio de sol, de céu, de mar

Dentro de mais um minuto estaremos no Galeão

Copacabana, Copacabana

Cristo Redentor

Braços abertos sobre a Guanabara

Este samba é só porque

Rio, eu gosto de você

A morena vai sambar

Seu corpo todo balançar

Rio de sol, de céu, de mar

Água brilhando, olha a pista chegando

E vamos nós

Aterrar
___________
Tom Jobim traduziu muito bem a saudade do Rio de quem foi embora por esse ou aquele motivo. E a felicidade da volta. Esta felicidade também queremos para nossa mui amada cidade tão maltratada nos últimos quatro anos e ainda sentindo o efeito de tanta incompetência. Nesses 456 anos do Rio de Janeiro, hoje, que o Cristo a proteja mais do que nunca e traga vacina para todos.

VACINA JÁ!!!!!

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012