Biógrafos contam histórias inéditas do velho caudilho


Por Claudia Sanches

21/03/2016


O jornalista Paulo Marinho convida para palestra com Trajano Ribeiro e Clovis Brigagão, autores do livro Leonel Brizola. O encontro será um grande relato de quem conheceu o controvertido politico, que governou o Rio de 1083 até 1987. o encontro acontece nesta terça (22), às 19.30 h, no mezzanino do Espaço Cultural Cariocando, no Catete.

O livro “Brizola” é uma espécie de memória política dos dois autores, que foram fundadores, junto com Brizola dos partidos políticos PTB e PDT. Do exílio no Uruguai à vitória ao governo do Rio, os autores trazem histórias de bastidores da vida pessoal e política de Brizola, uma das personalidades políticas mais relevantes do século XX.

Passados quase onze anos da morte do político gaúcho, são muitas histórias e uma admiração que conferem a este livro um tom de homenagem. “Brizola” é uma obra de referência sobre a reestruturação partidária e a abertura do regime democrático no Brasil.

 

Memórias do velho Caudilho 

Um livro que mostra para as novas gerações o lugar de Leonel Brizola na política brasileira revivendo grandes momentos de suas histórias, conseguimos entender o quanto foi fundamental a sua dedicação ao Brasil. Autor de frases como “estou pensando em criar um vergonhódromo para políticos sem vergonha” ou “Sou como uma planta no deserto, basta uma única gota de orvalho para me alimentar”, Brizola foi o único político que conseguiu se eleger governador em dois estados: Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

Brizola resistiu à ditadura militar e teve uma imprescindível participação no processo de redemocratização do país. O político criou o PDT e se dedicou durante cerca de 50 anos a luta por uma nação independente das amarras estrangeiras, por uma educação de qualidade e inclusiva e por ideais que o mantinham firme em direção ao sonho de se tornar presidente do Brasil. Ao seu lado nessa trajetória estiveram Clóvis Brigagão e Trajano Ribeiro, que agora decidiram revisitar seus baús repletos de memórias para contar fatos interessantes e curiosos da vida política do gaúcho. São pontos de vista de dois companheiros que acompanharam de perto cada detalhe do retorno de Brizola ao Brasil e estiveram juntos na trajetória daquele que até hoje permanece no inconsciente coletivo de muitos brasileiros como um verdadeiro mito.

O Cariocando fica na rua Silveira Martins, 139, Catete. Informações pelos telefones (21) 2557 3646- 99707  8495.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012